Home O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato Links
Simesp
Área do Médico

Associe-se Atualize seus dados Faqs Certidão de Quitação
Comunicação
 


   Editoria: De: Até:    

02/04/2019
Médicos do DPME suspendem paralisação após abertura de negociação do estado
Estado de greve continua até pagamento dos rendimentos perdidos em 2019 com a retirada de gratificação

SIMESP
Uma paralisação havia sido deliberada pelos médicos do Departamento de Perícias Médicas do Estado (DPME), que reivindicam recomposição salarial, pois foi retirada de seus salários a Gratificação de Representação (GR), que equivalia a valores entre R$ 1500 a R$2500 de seus salários. Com a abertura de diálogo por parte da Secretaria de Planejamento e Fazenda, os médicos decidiram suspender a paralisação, que estava marcada para hoje, dia 2 de abril. Como o órgão não se comprometeu a atender à reivindicação de pagamento imediato da diferença salarial do primeiro trimestre do ano, os médicos decidiram manter o estado de greve até nova assembleia, a ser realizada na próxima terça-feira, dia 9 de abril.

Em reunião com o Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), um representante da Secretaria antecipou a impossibilidade do reestabelecimento da GR, mas garantiu restituir um benefício anterior, denominado Gratificação pelo Desempenho e Apoio à Atividade Médico-Pericial (GDAMP). O governo também se comprometeu a apresentar uma proposta de alteração da Lei Complementar que trata do Prêmio de Incentivo à Qualidade (PIQ). A nova modalidade de remuneração tem como objetivo reajustar os índices do prêmio e abranger os profissionais da secretaria, que hoje não estão enquadrados. O objetivo é corrigir os salários defasados dos médicos do DPME.

De acordo com Erivalder Guimarães, diretor do Simesp e presidente da Associação dos Médicos do DPME, a retirada da gratificação poderia gerar uma alta taxa de demissões por parte dos médicos do departamento. “A abertura de diálogo e as promessas da Secretaria são um avanço, mas estaremos atentos para que tudo seja cumprido”.

O DPME foi recentemente transferido da Secretaria de Gestão para a Secretaria de Planejamento e Fazenda, o que resultou na significativa redução salarial. Por efeito da mudança, os médicos decidiram em assembleia reivindicar o retorno da GDAMP corrigida, com o objetivo de alcançar os valores da GR. Os médicos devem voltar a discutir a pauta em assembleia, caso as promessas do Governo do Estado não se concretizem.

Siga-nos

Fan page: https://www.facebook.com/simespmedicos

Youtube: https://www.youtube.com/simespmedicos



Voltar



O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato  Links
- Diretoria
- Regionais
- Estatuto
- Processo Eleitoral
- Perguntas frequentes (FAQ)
- Associe-se
- Atualize seus dados
- Assessoria Jurídica
- Processos online
- Campanhas Salariais
- Convenções Coletivas
- Cálculo de I.R.
- Homologação
- Banco de Empregos Médicos
- Banco de Imóveis da Saúde
- Mural de Devedores
- Simesp+
- Tipos de Contribuição
- Calendário de Cobrança
- Certidão de Quitação
- TV Simesp
- Revista DR!
- Jornal do Simesp
- Simesp Esclarece
- Movimento Médico
- Simesp na Midia
- Cultura e Arte

Sede: Rua Maria Paula, 78 - 1º ao 4º Andar | São Paulo - SP | Cep: 01319-000 | Fone: (11) 3292-9147 - | Fax: (11) 3107-0819